sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Pastor cheira a Bíblia e causa polêmica. Para ele, desrespeito é não ler o livro sagrado.



Um dos assuntos mais comentados no Twitter nos últimos dias é a imagem de um pastor, de Belo Horizonte, cheirando a Bíblia como se fosse uma droga. Pastor da Igreja Batista da Lagoinha, Lucinho Barreto fez a foto para convidar jovens para o culto da Igreja Missão Evangélica Praia da Costa, em Vila Velha, no Espírito Santo.

No Twitter, a hastag #eucheiroabiblia gerou comentários polêmicos. Há aqueles que apoiam o pastor e outros que aproveitam para criar ainda mais confusão, com trocadilhos como “carreira gospel” e “ao pó voltarás”.
“Pra que cocaína, anfetaminas, ecstasy ou maconha?! Eu preciso é da Bíblia! Pastor Lucinho, tamo junto!”, diz Fael Franco. Victor Saatmam pergunta: “O mundo cheira tanta coisa que num presta, pq não cheirar uma coisa boa? Eu cheiro a Bíblia e leio também!”
Para se explicar, o pastor fez um vídeo: “Eu cheirei porque a gente cheira tudo que ama. Você cheira um prato de comida gostosa, um perfume, a pessoa amada... e eu cheirei este livro”.